GAVIÃO-CARIJÓ

NOME POPULAR: Gavião-carijó
NOME EM INGLÊS: Roadside Hawk
NOME CIENTÍFICO: Rupornis magnirostris (Gmelin, 1788)
FAMÍLIA: Accipitridae (Vigors, 1824)

Fotografia: Cauê Rosetto Reis (2011)

CARACTERÍSTICAS: Olho amarelo, de longe parecendo branco; cera amarelo-viva; perna amarela. Na maior parte, o adulto é cinza-amarrronzado por cima, garganta e papo algo mais claros, este às vezes com algum ferrugíneo; peito e barriga barrados de pardo e cinza-ferrugíneo. Cauda com faixas cinzentas e pretas. O individuo imaturo é parecido, mas tem peito rajado e mais marrom. Em voo, apresenta-se barrado cinza sobre as asas, primárias ferrugíneas (ocultas na ave pousada). Nenhum outro gavião de silhueta semelhante tem ferrugem na asa. Pousa em locais expostos e costuma abanar a cauda para os lados; pode permitir grande aproximação. Em voo, intercala batidas de asa curtas e rápidas com planeios curtos. Às vezes plana alto, circulando com urubus em correntes térmicas. É um dos gaviões que mais vocalizam. Pousado, dá um grito de alarme agudo e anasalado, descendente, “kiiiééé”, que lembra o grito do carrapateiro (Milvago chimachima); em voo (às vezes pousado), dá uma série rápida de notas anasaladas “ké”.

TAMANHO: 33-38 cm

HABITAT: De ocorrência ampla em borda de mata e capoeira, e em qualquer ambiente aberto com árvores, inclusive cidades.

ALIMENTAÇÃO: Alimenta-se de artrópodes, peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Como método de caça de vertebrados, o gavião-carijó mata a presa através da pressão dos dedos munidos de fortes garras.

REPRODUÇÃO: Constroem o ninho, que mede cerca de 46 cm de diâmetro por 36 cm de profundidade, geralmente no topo de uma árvore, entre dois galhos verticais, com pedaços de madeira grossos e secos. O fundo do ninho, onde repousam os ovos, é revestido de folhas secas. Os dois ovos, esbranquiçados com manchas pardas, que medem 49 x 38 mm, são incubados pela fêmea. Durante o período de incubação, a fêmea é alimentada, durante o dia, pelo macho. Os filhotes, cobertos por uma penugem rala e de olhos abertas, nascem inteiramente dependentes dos pais.

STATUS NO CAMPUS:

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s